As viagens em família, mesmo no final do ano, nem sempre são possíveis, não é mesmo? Em casos assim, para que os pequenos passem o Natal e as férias com os avós e os primos que moram longe, por exemplo, às vezes é preciso que eles viagem sem a supervisão dos pais. Com um rastreador […]

Autotrac Mini: você junto ao seu filho nas férias, mesmo que a distância

As viagens em família, mesmo no final do ano, nem sempre são possíveis, não é mesmo? Em casos assim, para que os pequenos passem o Natal e as férias com os avós e os primos que moram longe, por exemplo, às vezes é preciso que eles viagem sem a supervisão dos pais. Com um rastreador pessoal Autotrac, esse tipo de situação não é um problema! Saiba como um dispositivo da empresa líder de mercado pode ajudar você a ficar junto das crianças, mesmo que a distância, e como identificar se elas estão prontas para encarar um voo sozinhas.

rastreador-autotrac-mini

Antes de deixar um filho viajar sozinho, todo bom pai acaba se questionando sobre a segurança do pequeno, seja apenas durante um voo, seja durante todo o período em que ele vai estar distante fisicamente. Para tomar essa decisão, é importante estar atento a alguns detalhes. Com a ajuda de um Autotrac Mini, você fica tranquilo por poder acompanhar as crianças 24 horas por dia, em todo o território nacional, mas ainda assim é preciso observar alguns pontos para saber se elas estão preparadas para viajar sem a companhia de um conhecido. Confira algumas dicas:

1. É bom que seu filho já consiga satisfazer algumas das próprias vontades sozinho, como ir ao banheiro ou se alimentar.

2. É importante que a criança tenha conhecimento de algumas informações sobre ela mesma, como o próprio nome, o dos pais e onde mora.

3. A capacidade de comunicação é fundamental para que a criança possa pedir ajuda – e para a pessoa certa –, caso precise. Ensine seu filho a identificar uma aeromoça ou um policial, por exemplo.

4. É ideal que seu filho saiba como entrar em contato com você ou com outro conhecido, em casos de emergência. Se possível, pelo menos durante o período da viagem, deixe com ele um telefone celular pré-programado para discagens rápidas.

5. Observe como seu filho reage a situações mais simples no dia a dia. Quando você se atrasa para buscá-lo na escola, por exemplo, como ele reage? Chora e fica com medo ou mantém a calma, pois sabe que você vai chegar? Fazendo isso, você terá noção de como pode ser o comportamento dele em uma viagem sozinho.

6. Seu filho já teve outras experiências em que ficou longe de você, como dormir na casa de um amigo? Essa pode ser outra referência para avaliar como poderá ser a experiência do seu filho ao pegar um voo sozinho. Saiba que é importante respeitar o tempo de cada criança para enfrentar situações de mudança.

7. Lembre-se de que o desenvolvimento da autonomia acontece aos poucos. O fato de ter instruído o seu filho sobre como agir na sua ausência não significa que ele está totalmente pronto para colocar esses ensinamentos em prática, principalmente diante de um problema.

8. Converse bastante com seu filho sobre a experiência que ele vai vivenciar, sempre transmitindo calma a ele. Conte, por exemplo, quem estará esperando por ele no aeroporto de destino. Essa é uma forma de deixá-lo mais tranquilo.

Uma forma de garantir a segurança do seu filho e ficar tranquilo com o fato de ele viajar sozinho é com a ajuda de um rastreador pessoal Autotrac Mini. Com o dispositivo, que pode ser facilmente carregado em bolsos e mochilas, por ter apenas 6 cm e 60 g, você fica junto do seu pequeno, mesmo que a distância.

Além de poder acompanhar os passos e a localização do seu filho pelo celular ou tablet, você pode programar o Supervisor One, o programa de controle do Autotrac Mini, para emitir alertas todas as vezes que o seu pequeno deixar determinado local e chegar a outro.

Ficou interessado? Saiba mais sobre o rastreador pessoal Autotrac Mini e garanta já o seu! Conheça a linha completa de produtos da empresa e celebre o fim do ano junto das suas conquistas e de quem você mais ama!

Leia também:

Com um rastreador portátil Autotrac Mini, a mochila de seu filho conversa com você!

Alzheimer: a Autotrac ajuda você a lidar com situações delicadas da doença</p>

Qual é o melhor rastreador veicular?

Deixe seu comentário

Já vai embora?

Fica mais um pouco e conta pra gente porque você não comprou ainda:

Marque quantas opções desejar