Preserve o seu veículo e quem você valoriza com a ajuda de um rastreador One Carro.
conservação dos amortecedores

Cinco dicas para conservar os amortecedores e cuidar da segurança do carro

Nem todo mundo sabe, mas fazer a manutenção da suspensão do carro é uma questão de segurança. Os amortecedores, por exemplo, que fazem parte desse sistema, podem ser vistos por alguns apenas como um item mecânico, mas o caso não é tão simples assim. Confira as dicas que a Autotrac separou, cuide do bom funcionamento do seu veículo e garanta a segurança de quem você valoriza com a ajuda de um rastreador veicular One Carro.

A principal função do sistema de suspensão é proporcionar estabilidade ao carro e, assim, garantir a dirigibilidade do veículo. O conforto dos passageiros também é importante, mas, em outras palavras, o que isso quer dizer é que, ao absorver as irregularidades do solo, os amortecedores são grandes responsáveis pela segurança do automóvel e de quem o ocupa. Para não colocar quem você valoriza em risco, confira as dicas que a Autotrac separou e conserve os amortecedores do seu carro.

Fique atento à hora de trocá-los

Não existe uma quilometragem exata para a troca dos amortecedores de um carro, pois o desgaste está diretamente ligado às condições de uso do veículo. De qualquer forma, a recomendação da maioria das montadoras é dar atenção a eles a partir dos 40 mil quilômetros rodados e, caso ainda estejam bons, fazer uma nova revisão a cada 10 mil. Confira no manual do seu veículo a orientação precisa do fabricante dele.

Observe os sinais de desgaste

Fique de ouvidos abertos! Ruídos podem indicar problemas nos amortecedores. Se você também perceber vibrações no volante, balanço excessivo nas freadas e nas arrancadas e perda de controle nas curvas, além de oscilações na carroceria, apesar de estar andando em linha reta, leve o veículo o quanto antes para a oficina.

amortecedores

Faça a manutenção periódica

Para não dar sorte ao azar e dirigir tranquilo, o melhor mesmo é fazer a manutenção periódica do veículo. Além de avaliações e testes específicos do sistema de suspensão, nas oficinas é possível fazer o acompanhamento e realizar a troca no momento certo. Aproveite as visitas regulares para manter em dia o alinhamento e o balanceamento das rodas, assim como para verificar as condições de itens como pivôs, bandejas e buchas, pois isso vai ajudar a reduzir muito o desgaste dos amortecedores.

Evite os recondicionados

Na hora de trocar os amortecedores do seu carro, economizar não é a melhor opção. Geralmente, peças recondicionadas têm vida útil menor e não oferecem a mesma eficiência das novas, colocando a segurança em risco. Além disso, procure usar sempre itens originais, específicos para a versão e o modelo do seu carro.

Reveja alguns hábitos

Já que a vida útil dos amortecedores está ligada à forma como o veículo é utilizado, avalie e reveja alguns hábitos:

– Evite passar em lombadas e quebra-molas na diagonal. Ao contrário do que muitos acreditam, o correto é entrar neles de frente e distribuir o peso do veículo entre as rodas.

– Evite transportar peso excessivo e rebaixar o seu carro. Conheça e respeite os limites estabelecidos pelo manual do veículo e não faça modificações prejudiciais.

– Por fim, o mais óbvio: cuidado com os buracos! Evite choques diretos e ande em baixa velocidade em trajetos esburacados.

Quer uma dica extra para garantir a segurança do seu carro e de quem você valoriza? Conte com a ajuda de um rastreador veicular Autotrac!

Com o One Carro, você não só pode acompanhar a localização do veículo 24 horas por dia pela tela do celular ou tablet, mas também conta com serviços exclusivos, como o Pronta Resposta Nacional e o Apoio à Vítima de Crime.

Saiba mais sobre o One Carro, conheça a linha completa de rastreadores da Autotrac e compre já os seus!

Leia também:

Saiba a importância de calibrar pneus e economize combustível

Calibragem de pneus: quando e como calibrar

Pneu furado: reparo ou substituição? Saiba qual é a melhor opção!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *