Na hora de colocar seu xodó na estrada, é preciso levar em consideração muitos aspectos de segurança. Entre eles, como apertar o feio.

O que você deve fazer em uma frenagem de emergência.

Frear, nenhuma técnica é mais importante na hora de pilotar uma motocicleta do que saber quando é a hora certa de apertar o freio e como fazer isso de forma segura. Novatos e veteranos muitas vezes não dão a devida atenção para essa situação, mas a frenagem de emergência pode salvar a vida de muito motociclista, principalmente na estrada. Por isso trouxemos algumas dicas que vão ajudar os pilotos a garantir mais segurança e evitar deslizar na pista.

Uma das primeiras coisas que é preciso saber é que uma moto para por causa do atrito entre o pneu e o solo, e não pela intensidade com que o piloto aperta o freio. Pode parecer meio óbvio, mas muitas pessoas se esquecem disso enquanto estão pilotando e seguram o freio desesperadamente, travando as rodas de forma agressiva e deixando-a mais vulnerável para o deslizamento.

Outro ponto que deve ser levado em consideração é que, na moto, o atrito não é tão equilibrado quanto em um carro. Ele é maior no pneu dianteiro por causa do peso do piloto e também porque, durante uma frenagem, há a soma de algumas forças ao peso do corpo, já que o piloto é transferido para a frente, deixando a traseira mais leve e com menos superfície de contato com o solo. Quando isso acontece de forma brusca, a moto pode rodar no eixo do pneu da frente, causando o famoso efeito “nose wheeling”. Sabendo disso, o mais ideal para uma frenagem correta é inclinar o corpo um pouco para trás, tentando deixar o peso no centro da moto, equilibrando o atrito.

Na hora de realizar uma frenagem, várias coisas acontecem em centésimos de segundo, por isso o reflexo e o tempo de reação do piloto são cruciais. Você já deve ter ouvido alguém falar: “Foi tão rápido que não deu tempo de frear.” Isso acontece porque o tempo de reação do piloto foi comprometido, talvez por uma distração. Quando ele percebeu, já não havia mais espaço nem tempo suficiente para a moto fazer a desaceleração necessária. Dirigir com atenção, descansado e sem ingerir bebidas alcoólicas e entorpecentes é a melhor forma de evitar que o tempo de reação seja prejudicado.

rastreador-moto-frenagem

Além do tempo de reação, é preciso ter espaço para realizar a frenagem – e não adianta pensar em uma distância única, cada moto tem uma distância de frenagem, que é influenciada por uma série de fatores, como peso do motorista, estado dos pneus, dos freios e da suspensão. Por isso é tão importante manter uma distância segura dos demais veículos.

As distâncias precisam ser bem observadas, mas o modo como você aperta o freio também. Os especialistas orientam que 70% do esforço deve ser enviado para o freio dianteiro e os outros 30%, para o traseiro. Mas nós sabemos como é difícil pensar nessa proporção durante uma frenagem brusca, pois seus músculos costumam ficar tensos e apelar para todas as opções de parada. No entanto, a frenagem, como qualquer técnica de pilotagem, é uma habilidade aprendida, e só com a prática você vai conseguir aperfeiçoá-la.

Frear com segurança é uma das formas de proteger você e seu xodó, assim como contar com a Autotrac. Com o One Moto, além de acompanhar a sua máquina 24 horas por dia pelo celular ou tablet, você recebe alertas em casos de movimentações indevidas. Ainda assim, em caso de problemas, a empresa oferece serviços exclusivos aos clientes, como o Pronta Resposta Nacional e o Apoio à Vítima de Crime.

Conheça a linha completa de produtos da Autotrac, compre já o seu rastreador, proteja e acompanhe tudo o que você valoriza!

Leia mais:

Três formas eficazes de proteger a sua moto e evitar furtos e roubos

Saiba como conservar jaquetas de couro e entenda a moda sobre duas rodas

Juntos para escolher o pneu adequado para a sua moto antes de pegar a estrada

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *